Região do Douro: como aproveitar esta zona

Região do Douro: como aproveitar esta zona

Por vezes quando falamos em viajar pensamos automaticamente fora do nosso país quando temos tanto para descobrir e fazer cá dentro. Recentemente estive de férias na Região do Douro e é sobre isso que este post é: como aproveitar ao máximo esta região de Portugal!

Tal como prometido num dos posts anteriores, mostramos algumas das opções existentes para explorar esta zona do Douro!

world-dreaming-blog-douro

Os dois principais pontos de interesse junto ao Rio Douro são a Régua e o Pinhão, que ficam relativamente perto uma da outra.

Na Régua não podes deixar de visitar o Museu do Douro que consideramos ser uma óptima introdução à Região do Douro. O custo do bilhete de entrada ronda os 6€ por cada adulto o que pode ser relativamente caro para algumas pessoas mas porque não saber um pouco mais sobre o nosso país? Talvez no estrangeiro pagassemos mais por uma entrada num Museu…

world-dreaming-blog-regua

Depois da Régua tens que visitar Pinhão, uma aldeia bastante pitoresca! A não perder: a estação de comboios antiga com os seus painéis de azulejos! Se estiveres a viajar com crianças é uma óptima forma de introduzir um pouco da História de Portugal!

Quer viajes entre Régua e Pinhão de carro, barco ou comboio, a viagem será sempre acompanhada do Rio Douro e de vinhas dos dois lados do Rio Douro!

world-dreaming-blog-pinhão

Eu fiz o cruzeiro e recomendo! Apesar de ser caro, consultem os mais diversos websites, é uma experiência única! Uma das partes mais divertidas e uma experiência completamente nova e diferente é fazer a travessia da Barragem da Régua! Com um desnível de 27 metros é completamente incrível este mítico momento da viagem.

world-dreaming-blog-lamego

Caso ainda tenhas tempo, não podes deixar de visitar Lamego, a capital cultural da Região do Douro que fica praticamente a 10 km da Régua. O que mais gostei de ver em Lamego foi, sem dúvida, o Santuário da Nossa Senhora dos Remédios.

 

São razões suficientes para visitar a Região do Douro? Esperamos que sim.

Boas viagens!

 



Deixar uma resposta