Viagem à Bélgica: algumas dicas

Se nos seguem no Instagram, o meu e o do Sérgio, devem ter percebido que estivemos uma semana pela Bélgica. Agora que já voltámos vou partilhar algumas dicas contigo antes de viajares até este país.

Estas dicas são um conjunto de perguntas que me foram fazendo durante a viagem e que agora partilho com vocês.

Quando ir?

Na minha opinião, a melhor altura do ano para visitar este país é, sem dúvida, o Outono. A temperatura é perfeita para andar a passear e explorar o país e os inúmeros parques estão cobertos de folhas castanhas.

É claro que a Primavera também é uma excelente época do ano para viajar até à Bélgica. A época alta são os meses de Julho e Agosto sendo, portanto, mais caro viajar nessa altura do ano.

Que língua falar?

Em Bruxelas as línguas oficiais são o Francês e o Flamengo e noutras partes do país (que recomendo visitares) a língua oficial é o Flamengo.

Mas não te preocupes. Se falas Inglês ou Francês consegues-te desenrrascar na Bélgica.

O que visitar?

Se conseguires, marca a tua viagem com tempo suficiente para visitar mais cidades na Bélgica do que apenas a capital, Bruxelas.

Quando começamos a procurar que cidades visitar existem 4 cidades que se destacam: Bruxelas, Bruges, Ghent e Antwerp. Nós optamos por visitar três destas quatro.

Visitámos Bruxelas, Bruges e Antwerp. Ghent lá terar que ficar para uma próxima. Mas ainda assim, não vos posso deixar de recomendar visitar esta cidade se tiverem tempo.

O que comer?

Esta é sem dúvida das coisas mais divertidas de viajar: experimentar a gastronomia local. A Bélgica é famosa pelos seus waffles, os chocolates e as batatas fritas. Tudo obrigatório experimentar.

Um dos pratos mais típicos é as Moules Frites, basicamente mexilhão com batatas fritas.

E claro, não te podes esquecer de experimentar a cerveja belga. Existem imensos pubs famosos onde podes experimentar as mais diferentes cervejas.

Os restaurantes bons e acessíveis podem ser mais complicados de encontrar mas é possível! Tudo depende dos teus gostos, de quanto dinheiro queres gastar e da localização do restaurante. Em geral, na zona do centro consegues encontrar comida de todas as partes do mundo. É só escolheres qual a tua favorita.

Quantos dias?

Isso depende dos teus objectivos para a viagem. Eu apontava 2 dias para Bruxelas para veres tudo aquilo que pretendes com calma. Mas acredito que seja possível ver-se grande parte da cidade em apenas um dia. E diria um dia por cada cidade que queiras visitar.

É uma viagem perfeita para uma escapadinha de fim-de-semana. Porque não?

Como é que me desloco dentro do país? Vale a pena alugar carro?

Não acredito que valha a pena alugar carro, a rede de transportes é mais do que suficiente para visitares as cidades que pretendes.

O comboio foi o meio que escolhemos para nos deslocarmos até Bruges e Antwerp e funcionou super bem. Se fores um cidadão da União Europeia e tiveres menos de 26 anos os bilhetes de comboio tem um pequeno desconto. E não vale a pena aldrabar. Os picas, dentro do comboio, podem-te pedir o Cartão de Cidadão.

Usámos o metro apenas para visitar a zona do Atomium uma vez que é mais longe do centro de Bruxelas.

Em breve podem encontrar pequenos guias para
cada cidade aqui pelo World Dreaming Blog.



What do you think?

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.