Zero Waste: guia para simplificares a tua vida

Sempre que abordo o tema do Zero Waste no meu Instagram recebo diversas perguntas sobre este tópico. Muitas a perguntar sobre onde compro determinada coisa. Muitas outras sobre o conceito de Zero Waste.

Para responder às perguntas sobre este conceito e estilo de vida, resolvi fazer um pequeno guia onde vos explico tudo.

Tenho que dizer desde já que não sou de todo perfeita neste conceito, falho muitas vezes mas o mais importante é que tento reduzir ao máximo aquilo que vou conseguindo. E tu também podes começar por tentar fazer o teu melhor. O importante não é seres perfeito. É fazeres o teu melhor, todos os dias.

O Zero Waste (em Português, Desperdício Zero), é um conceito que promove o aproveitamento ao máximo dos produtos para evitar que os mesmos terminem num aterro sanitário ou numa incineradora.

A primeira vez que ouvi falar deste conceito foi no final do ano passado e foi assim que decidi como objectivo para 2018 reduzir a minha utilização de produtos desnecessários como, por exemplo, o plástico. 

Li sobre este conceito no livro Zero Waste Home da autoria de Bea Johnson onde esta nos fala sobre um conjunto de práticas que nos ajuda a evitar o desperdício. 

Os 5Rs do Zero Waste:

Este estilo de vida Zero Waste tem por base um conjunto de práticas que são conhecidas com os 5Rs. Funcionam exactamente por esta ordem:

  • Refuse – Recusar aquilo que não precisamos;
  • Reduce – Reduzir aquilo que precisamos;
  • Reuse – Reutilizar aquilo que não conseguimos recusar ou reduzir;
  • Recycle – Reciclar aquilo que não conseguimos recusar, reduzir ou reutilizar;
  • Rot – Fazer compostagem.

Para mim, o mais importante não é seres perfeito naquilo que estás a tentar fazer, tal como já expliquei. É inevitável produzirmos lixo, mesmo quando tentamos ao máximo não o fazer. O importante é mesmo tentar reduzir ao máximo.

Recusar

Começa por recusar, por fazer uma limpeza à tua casa (declutter) para te livrares daquilo que não precisas e por fazeres alguns DIY daquilo que irás precisar.

Recusar é aquilo que podes começar por fazer já hoje.

Recusa os single-use plastics (sacos de plástico, garrafas, palhinhas, pratos e talheres de plástico). Recusa os freebies que te possam ofercer em festas, conferências ou mesmo as miniaturas de casa de banho em hóteis. Recusa os folhetos publicitários (junk mail) que chegam até à tua caixa de correio. 

Reduzir

Para começares a reduzir aquilo que compras e guardas em tua casa tens que avaliar aquilo que estás a consumir neste momento.

Olha para a tua casa e vê o que precisas e o que não precisas. Limpa o teu quarto. A sala. A cozinha. O teu roupeiro. Vende o que não precisas. 

Reutilizar

Reutilizar aquilo que consumimos e não podemos recusar ou reduzir é igualmente importante. 

Faz as tuas compras com materiais reutilizáveis. Isto significa levares o teu saco ou frasco quando vais às compras de produtos.

Troca materiais descartáveis por materiais reutilizáveis: sacos, copos, fracos, garrafas, sacos de pano, toalhas de cozinha, guardanapos de pano, lenços de pano, pilhas e bateriais recarregáveis.

Partilha aquilo que podes e consegues partilhar. Compra em segunda-mão. E quando comprares alguma coisa, avalia bem aquilo que vais levar para casa. Procura qualidade em vez de quantidade. Compra de forma consciente

Repara aquilo que tem reparação em vez que deitares para o lixo. Pensa outside the box para dares uma segunda vida a algo que de outra forma iria para o lixo.

Reciclar

Aprende sobre reciclagem e sobre aquilo que podes reciclar. Recorda que a reciclagem não é o objectivo. O objectivo é reciclares aquilo que não consegues recusar, reduzir ou reutilizar. 

Compostar

Compostar significa reciclar os materiais orgânicos. Materias que de outra forma iriam para o lixo comum. Compostar é algo complicado e, infelizmente, é algo que ainda não comecei a explorar aqui em casa. 

Mas há vários tipos de contentores de compostagem para o tipo de casa ou para o tipo de lixo que produzes.

Felizmente a Câmara Municipal de Lisboa já começou a dar os primeiros passos para nos ajudar nesta tarefa. Lê mais aqui. E se não és de Lisboa, procura opções na tua zona, talvez até existam zonas de compostagem comunitárias.

 

Onde podes ler mais sobre o assunto:

Para aprenderes mais sobre este tema o importante é leres e aprenderes. Não podia deixar de recomendar o livro da Bea Johnson, Zero Waste Home (em Inglês) ou Desperdício Zero (em Português).

Compra o livro na WOOK (ao comprares o livro através deste link estás a ajudar o World Dreaming Blog a crescer e a trazer-te mais conteúdos todos os dias)

 

Onde podes procurar inspiração:

Eu encontro inspiração sobre o Zero Waste todos os dias nas mais diversas plataformas. Mas há pessoas que me inspiram e ajudam todos os dias.

Ana (Ana Go Slowly):
Conhece o seu Instagram e o seu blog onde fala sobre minimalismo e zero waste

Eunice (Maria Granel):
A fundadora da primeira mercearia zero waste e a granel em Portugal. Está sempre partilhar conteúdos e dicas interessantes no seu Instagram. Não esquecer visitar a loja online.

Catarina (Mind The Trash):
A Catarina é a fundadora da primeira loja online zero waste em Portugal. Vê o conteúdo que partilha no Instagram. E visita a loja online.

Catarina:
Partilha no seu Instagram as suas tentativas de viver sem plástico. Partilha dicas fantásticas e vale muito muito a pena segui-la e aprender com ela. E em breve vai ter um blog onde vai partilhar toda esta informação preciosa. 



What do you think?

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.